Etiquetas

, , , , , , ,

namorados_idosos“Amor à primeira vista” é codinome pra paixão, a gente começa a amar depois de algum tempo apaixonado. O ideal – difícil falar de amor sem falar nisso – é que ao cabo da paixão, porque a paixão também acaba, o amor se plenifique. Mas nem sempre é assim, afinal, o ideal nem sempre é o real (quase nunca).

Há quem, ao fim da paixão, odeie; há outros que preferem a indiferença; há, também, aqueles que resolvem superar a frustração, guardar o luto, aceitar o fim e conservar a amizade. Mas e você, o que escolherá?

Se fores amar, não se iluda, não há cupidos, tampouco magias para atar corações. O que há é o desejo, e todo desejo requer de nós ação para se transformar em realidade. “A liberdade é o chão do amor”, alguém já disse, mas depois que amamos, ninguém é livre.

O amor é uma construção dolorida, como a um parto. O que se sabe é que ao final da dor, há vida. Portanto, se é a vida que queres, ame. E se tiver de morrer, morra de amor.

Advertisements